Carregando...

O fibrocimento

Saiba tudo sobre esse produto que movimenta nosso mercado.

  O termo Fibrocimento é atualmente utilizado para designar os materiais empregados na Construção Civil feitos à base de cimento reforçado com fios sintéticos.

  CRFS – Cimento Reforçado com Fios Sintéticos, RFC - Reinforced Fiber Cement e Fibrocimento NT (“NT” significando Nova Tecnologia) são outras designações também encontradas para estes produtos, que já são disponíveis no mercado brasileiro desde o início dos anos 2000.

  Os fios sintéticos mais comumente adotados para esta aplicação são os de PP (polipropileno) e os de PVA (poliálcool vinílico).

  Os produtos de Fibrocimento possuem em sua composição proporções variadas de Cimento Portland, de agregados minerais moídos (como calcário, por exemplo) e de fibras de celulose, além dos fios sintéticos de reforço. São fabricados segundo formulações específicas e definições de cada produtor, podendo ser curados ao ar ou em autoclaves com condições de pressão e umidade controladas.

  Em termos de aplicação na Construção Civil, os produtos de Fibrocimento substituem inteiramente os de cimento-amianto, que utilizavam fibras de amianto como componente de reforço, e que teve seu uso definitivamente proibido no Brasil no final de 2017.

  Hoje em dia, a maior parte dos produtos de Fibrocimento fabricados e comercializados no Brasil são telhas e acessórios para coberturas. Mais recentemente, placas planas e painéis cimentícios passaram a ser produzidos e utilizados com grande sucesso em aplicações de Construção a Seco e em sistemas de fachadas de prédios, havendo ainda outras múltiplas possibilidades de uso.

Fibrocimento

Principais aplicações:

telhas

acessórios para cobertura

Placas planas e painéis cimentícios